Contabilidade e Fiscalidade

O Departamento de Contabilidade e Fiscalidade está estruturado em cinco áreas disciplinares: Contabilidade e Relato Financeiro; Contabilidade Pública; Contabilidade Analítica e de Gestão; Auditoria e Fiscalidade. Dos docentes afetos ao departamento destacam-se onze doutorados e ainda cinco professores com título de especialista.

A oferta formativa envolve diversas valências nomeadamente, mestrados, licenciaturas e cursos técnicos superiores profissionais (TeSPS) nas áreas da contabilidade e fiscalidade. De referir que os cursos de mestrado e licenciatura estão reconhecidos pela Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC) em relação ao estágio profissional previsto na alínea c) do art.º 2º do Título I do Regulamento de Inscrição, Estágio e Exame Profissionais da OCC. Ou seja, a realização do estágio curricular na área da contabilidade, com aproveitamento, no 3º ano do curso de licenciatura ou 2º ano de mestrado dispensa da realização do estágio profissional da OCC.

Acresce ainda que para os profissionais que já são Contabilistas Certificados, a frequência do Mestrado, com aprovação na parte curricular, equivale ao cumprimento por dois anos de uma média anual de 35 créditos de formação, nos termos da e) do n.º 1 do art.º 15º do Regulamento da Formação de Créditos para Efeitos de Controlo de Qualidade da OCC.

Um acordo de cooperação entre o IPCA e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), do Brasil permite a dupla titulação na área da Contabilidade em cursos de licenciatura e mestrado. Este programa assenta no reconhecimento recíproco de ambas as instituições e das suas formações. A dupla titulação concede ao estudante, simultaneamente, um título da instituição de origem e um título da instituição estrangeira que lhe permite o reconhecimento da habilitação académica para poder trabalhar em qualquer um dos países.

A investigação realizada ao nível do departamento, envolvendo os estudantes e os docentes, insere-se no Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF). As parcerias estabelecidas entre o CICF e outras instituições de investigação científica, nacionais e internacionais, bem como com as entidades públicas e privadas da região têm contribuído para a sua consolidação e afirmação, fomentando a investigação científica aplicada.

* Associação de Politécnicos da Região Norte (APNOR). Mestrado oferecido em colaboração com o Instituto Politécnico de Bragança e de Viana do Castelo.